Você sabia? Marcos Pontes, o Primeiro Astronauta Brasileiro, agora é Maçom

n/d

Marcos Pontes, o Primeiro Astronauta Brasileiro

n/d

O primeiro astronauta brasileiro, Marcos Pontes, é iniciado na maçonaria, no GOIRJ. Fotos do ultimo dia 30 de novembro de 2013 mostram a iniciação do astronauta.

Não há exagero algum em se afirmar, categoricamente, que a esmagadora maioria dos maçons ignora o que seja a própria maçonaria. E isto foi, deliberadamente, planejado e estabelecido pela própria organização internacional maçônica a fim de que os iniciados dos graus iniciais da maçonaria (e mesmo maçons grau 33) não se dêem conta de que não passam de soldadinhos úteis aos objetivos desta que é uma das mais ativas filiais do Império das Trevas.

Estas afirmações se encontram estampadas, encravadas e irremovíveis da história da Maçonaria, em uma obra maçônica, a saber, em um trecho do livro Morals and Dogma de Albert Pike, um dos mais famosos mestres maçons de todos os tempos, do qual, a seguir, citamos apenas um único trecho.

“Parte dos símbolos (maçônicos) é apresentada aos iniciados, mas eles são intencionalmente enganados por falsas interpretações. Não se pretende que os iniciados (na Maçonaria) os compreendam. Antes, o que se pretende é que o iniciado imagine que os compreende.” (Albert Pike/Morals and Dogma; p. 819).

“Deve haver sempre uma interpretação comum para a massa de iniciados, dos símbolos que são eloquentes para os adeptos*.” (Albert Pike/Morals and Dogma; p. 819).

*Nota: O que Pike chama de adeptos, são os maçons do grau 33 e acima.

*Nota2: Não podendo ocultar este livro de Albert Pike, Morals and Dogma, a Maçonaria agora, bem recentemente, se encarregou de publicar o Morals and Dogma – Tomo II, uma reedição do livro de Pike, convenientemente reescrita e adulterada a fim de que as confissões tão comprometedoras de Pike não sejam tão divulgadas através do livro original Morals and Dogma. Logo, se você vir esse título: Morals and Dogma – Tomo II, saiba que é uma obra adulterada.

Existem diversos segredos que, ao longo do tempo, vão sendo “revelados” aos maçons à medida que estes ascendem na hierarquia maçônica, sendo que dois destes segredos só são completamente conhecidos pelos líderes da Maçonaria Universal, os quais são conhecidos por Illuminati (“os Iluminados”), Grande Fraternidade Branca, ou ainda, Maçonaria Illuminati. Esta, por último, sujeita ao seu patrono, fundador e patrocinador: Satanás, também conhecido por Diabo e A Serpente.

Vejam mais fotos:

n/d

Astronauta é o segundo, da esquerda para direita

n/d

n/d

n/d

Fonte: Lado Oculto – Nova Ordem Mundial – Enviado pelo amigo Tony Henrique.

=================================

Nota de www.rainhamaria.com.br – por Dilson Kutscher (VISITA RECOMENDADA)

O astronauta Marcos Pontes teve o privilégio de ver a Terra do céu, mas, talvez, infelizmente não tenha o mesmo privilégio de ver e entrar no Reino dos Céus.

POIS…

“Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus”. (Mateus 7, 21)

Lembrando novamente o seguinte:

Jesus na maçonaria é um simples mestre e fundador de religião como: Buda, Maomé, Krisna e outros…

A Maçonaria ensina que os Mestres Maçons, como um grupo, podem morrer na esperança de uma gloriosa imortalidade, que representam aqueles ressuscitados do túmulo da iniqüidade e que foram redimidos da morte do pecado. A Maçonaria está ensinando que os Mestres Maçons têm a salvação!

Jesus Cristo é o único caminho para a salvação: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.” [João 14,6]

MAS, INFELIZMENTE A MAIORIA DOS HOMENS ESCOLHE…

“Porque amavam mais a glória dos homens do que a glória de Deus.” (Jo 12, 43)

“Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura em vez do Criador, que é bendito pelos séculos. Amém!” (Romanos 1, 25)

LEMBRANDO TAMBÉM…

A Maçonaria: Salvação sem Jesus Cristo.

A Loja Maçônica afirma ser uma organização fraternal e nega que a Maçonaria seja uma religião. Todavia, ensina um plano de salvação que não requer fé em Jesus Cristo. Se você é um mestre maçom, sabe que isso é verdade, pois participou de rituais maçônicos que ensinam salvação sem Jesus e provavelmente já assistiu outros serem conduzidos pelos mesmos rituais.

A Maçonaria ensina que os Mestres Maçons, como um grupo, podem morrer na esperança de uma gloriosa imortalidade, que representam aqueles ressuscitados do túmulo da iniqüidade e que foram redimidos da morte do pecado. A Maçonaria está ensinando que os Mestres Maçons têm a salvação!

O grupo de homens conhecidos como Mestres Maçons inclui hindus, muçulmanos, budistas, homens que professam serem cristãos e homens que não tem outra religião além da Maçonaria. Os hindus, muçulmanos, e budistas todos rejeitam a divindade de Jesus Cristo e o rejeitam como Salvador e Redentor de toda a humanidade. Como a Maçonaria está ensinando que os Mestres Maçons, como um grupo, podem morrer na esperança de uma gloriosa imortalidade, que representam aqueles ressuscitados do túmulo da iniqüidade e que foram redimidos da morte do pecado, está ensinando um evangelho de salvação que não requer a fé em Jesus Cristo.

REPETINDO:

Jesus Cristo é o único caminho para a salvação: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.” [João 14,6]

São Paulo, um dos apóstolos de Jesus Cristo, disse:“Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.” [Gálatas 1,8]

A Loja Maçônica está promovendo a fé em outro evangelho que condenará os homens (seus seguidores) a uma eternidade no inferno. Eles acreditam que possam receber a salvação por meio da Maçonaria. Eles não vêem necessidade de ter Jesus Cristo como seu Salvador e REI.

“Todo aquele que caminha sem rumo e não permanece na doutrina de Cristo, não tem Deus. Quem permanece na doutrina, este possui o Pai e o Filho. Se alguém vier a vós sem trazer esta doutrina, não o recebais em vossa casa, nem o saudeis. Porque quem o saúda toma parte em suas obras más.” (2 João 9-11)

A Maçonaria oferece um plano de salvação sem Jesus Cristo. Portanto, é uma religião não-cristã. As Escrituras são bem claras sobre o assunto da participação do cristão no paganismo. O cristão simplesmente não pode participar no paganismo. Se você consegue participar no paganismo da Maçonaria após ter essas questões levadas ao seu conhecimento, então é óbvio que não tem a intenção de seguir a Cristo.

“Estai de sobreaviso, para que ninguém vos engane com filosofias e vãs sutilezas baseados nas tradições humanas, nos rudimentos do mundo, em vez de se apoiar em Cristo.” (Colossenses 2, 8)

Dilson Kutscher – www.rainhamaria.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *