Roma proíbe aparições de Ivan em Igrejas americanas

  • Roma proíbe aparições de Ivan em Igrejas americanas Data da Postagem: 7 nov 2013 | Autor: Mateus | Comentários: 2 Comentários
  • Wayback Machine

    As aparições para o vidente Ivan Dragicevic agendadas para outubro de 2013 foram canceladas após instruções do chefe da Congregação para a Doutrina da Fé. Os Bispos Americanos foram instruídos a não permitir encontros com aparições.

    Previous capture

    Encontros que levem em conta as aparições de Nossa Senhora como verdadeiras não serão aceitas pelas igrejas católicas nos Estados Unidos.

    O chefe da Congregação Vaticana para a Doutrina da Fé, através do núncio papal para os Estados Unidos. em 21 de outubro de 2013 enviou esta mensagem para o Secretário-Geral da Conferência dos Estados Unidos dos Bispos Católicos, para distribuição entre os Bispos em todo o país.

    A instrução teve efeito imediato e as aparições programadas do vidente Ivan Dragicevic em Denver, MA no dia 26 de outubro e em Greenville, no dia 27 de outubro foram canceladas pouco antes de ocorrerem.

    O ORIGINAL DA CARTA EM INGLÊS ESTÁ DISPONIVEL NESTE LINK ABAIXO:

    http://www.medjugorjetoday.tv/wp-content/uploads/2013/11/medjco21.jpg

    Next capture

    Em sua carta de instruções, o núncio Papal (embaixador) do Vaticano nos Estados Unidos, o Arcebispo Carlo Maria Vigano conta para a organização dos Bispos Católicos que ele está agindo a pedido de Dom Gerhard Müller, o Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé (CDF ), chamado de “Sua Excelência”, nos seguintes termos:

    “Sua Excelência deseja informar aos Bispos que um dos chamados videntes de Medjugorje, o Sr. Ivan Dragicevic, está programado para aparecer em certas paróquias de todo o país, durante a qual ele vai fazer apresentações sobre o fenômeno de Medjugorje. Prevê-se, além disso, que o Sr. Dragicevic vai receber “aparições” durante essas aparições agendadas “, o núncio papal abre sua carta aos Bispos dos Estados Unidos que foi obtida pelo portal católico Spirit Daily.

    “Como vocês bem sabem, a Congregação para a Doutrina da Fé está em processo de investigação de determinado aspectos doutrinários e disciplinares do fenômeno de Medjugorje. Por esta razão, a Congregação afirmou que, no que diz respeito à credibilidade das “aparições” em questão, todos devem aceitar a declaração, datada de 10 de Abril de 1991, dos Bispos da antiga República da Iugoslávia, que afirma: “Baseada na investigação que tem sido feita, não é possível afirmar que houve aparições ou revelações sobrenaturais “.

    “Como consequência, portanto, os religiosos e fiéis não estão autorizados a participar nas reuniões, conferências e celebrações públicas, durante as quaisl a credibilidade de tais “aparições” seriam tomadas como garantidas.”

    “No fim, portanto, para evitar escândalo e confusão, o arcebispo Müller pede que os Bispos sejam informados sobre este assunto o mais rápido possível” núncio papal Carlo Maria Vigano termina a sua carta.

    Pelos críticos de Medjugorje, a declaração de 10 de abril de 1991 referida pelo núncio Papal tem sido muitas vezes entendida significando que as aparições em Medjugorje tinham sido provadas falsas pelos Bispos da ex-Iugoslávia. No entanto, os altos clérigos na hierarquia e pessoas com conhecimento sobre os procedimentos do Vaticano para julgar aparições sempre concordaram que a declaração entre abril de 1991 deixa o assunto sem conclusão.

    loading

    Uma fonte em uma das paróquias onde Ivan Dragicevic estava programado para falar disse ao site Spirit Daily que o cancelamento veio após o recebimento de uma carta do Bispo local citando a instrução do núncio Papal.

    A coordenadora dos encontros de Ivan nos Estados Unidos, Ana Shawl, não respondeu ao site Medjugorje Hoje quando questionada da sua opinião.

    Leia mais em: http://www.medjugorje.com.br/roma-proibe-aparicoes-ivan-em-igrejas-americanas/#ixzz2jxdoCv4N

    Leia também…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *