Podemos ajudar os nossos irmãos perseguidos

Especial•Geral3 anos atráspor Mateus1 ComentárioEscrito por Mateus

Meriam Yehya Ibrahim já está livre e segura. Mas desgraçadamente numerosos homens, mulheres, crianças, bebês e idosos cristãos continuam sendo perseguidos em países como Iraque, Síria, Nigéria, Camarões, Sudão, Paquistão, Somália e Egito. Três quartos dos países do mundo mantêm algum tipo de discriminação contra cristãos.

Os cristãos são forçados a abandonares suas casas. Outros, como Asia Bibi, estão presos por suposto delito de “blasfêmia”. Suas igrejas são queimadas e os fiéis são assassinados sistematicamente. As meninas cristãs são seqüestradas e obrigadas a contrair matrimônio contra a sua vontade.

Trata-se de um verdadeiro genocídio. 80% da discriminação por motivos religiosos ocorre com os cristãos. A cada ano 100.000 cristãos são assassinados. Um a cada cinco minutos!

Enquanto no Oriente os cristãos são discriminados e perseguidos, no Oriente são discriminados. O Observatório contra a Intolerância e a Discriminação identificou 41 leis de 15 países europeus que restringem a liberdade de religião, consciência ou reunião entre os cristãos.

Na França, por exemplo, 84% dos atos de vandalismo tiveram como alvo locais cristãos, segundo informes do ministério do interior francês.

A União Européia deve assumir sua responsabilidade na defesa da liberdade religiosa. O semestre da presidência italiana no Conselho da Europa é uma oportunidade, já que o governo italiano afirma ter em sua agenda a defesa e a promoção da liberdade religiosa e a luta contra a violência e a discriminação por motivos religiosos.

Há muitas possibilidades de que por fim algo seja feito. Já há vários documentos da União Européia que tratam da liberdade religiosa:

1-) Resolução 1928 (2013) e 1957 (2011) da Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa

2-)Documento 3.309 da reunião dos dias 14 e 15 de abril de 2014 do Conselho da Europa.

3-)Conclusões do Conselho da União Européia do dia 12 de abril de 2012.

4-)Documento 3069 do Conselho de Assuntos Exteriores do dia 21 de fevereiro de 2011.

5-)Reuniões do Conselho de Assuntos Exteriores do dia 31 de janeiro e do dia 10 de abril de 2011.

Sua mensagem chegará a:

1-)Matteo Renzi, presidente da Itália e presidente do semestre do Conselho da Uniãpo Européia.

2-)Federica Mongherini, ministra de Assuntos Exteriores Italiana.

3-)Elman Bros, presidente do Comitê de Assuntos Exteriores do Parlamento Europeu.

4-)Herman van Rompuy, presidente do Conselho da Europa

Para mais informações:

ANÁLISE: O que a UE faz pelos cristãos perseguidos? (Em espanhol)

Papa Francisco: “Há mais perseguição agora do que na época dos primeiros cristãos”. (Em espanhol)

A cada cinco minutos um cristão é assassinado por causa de sua fé (Em espanhol)

www.IntoleranceAgainstChristians.eu

Fonte: www.citizengo.org

ajudaperseguicao

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *