Pároco da Catedral de Guarulhos apela às autoridades contra “Marcha das Vadias”.

  • Pároco da Catedral de Guarulhos apela às autoridades contra “Marcha das Vadias”. Data da Postagem: 7 jun 2013 | Autor: Ataíde | Comentários: 2 Comentários
  • Wayback MachinePrevious captureDiocese de GuarulhosCatedral Nossa Senhora da ConceiçãoPraça Tereza Cristina, 01 – Centro – Guarulhos – SPTel 2409-2101

    À Polícia Militar do Estado de São Paulo
    À Polícia Civil do Estado de São Paulo
    À Prefeitura Municipal de Guarulhos
    À Secretaria Municipal de Segurança Pública de Guarulhos
    À Imprensa

    Guarulhos, 26 de maio de 2013.

    Ref. “marcha das vadias”

    Vimos, por esta, manifestar a nossa preocupação com o protesto anunciado na mídia (cfr. anexos) com o infeliz nome de “marcha das vadias”, o qual, segundo informações, é sempre eivado de crimes contra direitos de outras pessoas, tais como atentado violento ao pudor, violação de direitos religiosos, agressões físicas e outros que podem suceder.

    Previsto para ocorrer no Marco Zero de Guarulhos, às 14h do dia 08 de junho, exatamente em frente à Catedral Nossa Senhora da Conceição, Igreja da Padroeira de Guarulhos, em torno da qual se formou a nossa cidade de Guarulhos há 452 anos.

    É de se imaginar que o objetivo de realizar o protesto no Marco Zero, como aconteceu em outras localidades, é a invasão da Igreja Católica, lugar sagrado para os cristãos, por mulheres desnudas que proferem impropérios e ofensas, atos esses proibidos por lei (art.208 do Código Penal).

    No dia referido, a Igreja Católica tem programação de missas ao meio-dia, como acontece diariamente, e às 15h, que não podem ser perturbadas, pois é direito inalienável do cidadão o exercício de sua fé.

    Além disso, considerando que dia 08 de dezembro, data da fundação de nossa cidade é também o dia de Nossa Senhora da Conceição, nos dias 08 de cada mês comemoramos a Imaculada Conceição, inclusive com o canto da Ave-Maria, às 12 horas, na sacada da Catedral.

    A Igreja Católica, seguindo os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo, defende a dignidade da mulher. Jesus Cristo foi o primeiro defensor das mulheres (cfr. Jesus e a mulher adúltera – Jo 8, 3-11). A “marcha das vadias”, geralmente apoiada por partidos políticos a favor do aborto, é ofensiva às mulheres católicas e crianças que estarão transitando no local.

    Diante de tal possibilidade, visando salvaguardar o direito das mulheres católicas e de todas as demais pessoas, solicitamos das autoridades constituídas:

    • a transferência dessa famigerada “marcha das vadias” para outro local, por exemplo, o Paço Municipal do Bom Clima, ou no Coreto da Praça Getúlio Vargas, onde os riscos serão reduzidos para todas as pessoas,
    • o fornecimento de policiais em número adequado e de obstáculos para impedir a violação do solo sagrado da Catedral Nossa Senhora da Conceição e dos direitos de todas as pessoas católicas e para tomar as medidas cabíveis no âmbito penal, se necessárias.

    Atenciosamente,

    Padre Antonio Bosco da Silva

    Pároco da Catedral Nossa Senhora da Conceição e

    Vigário Geral da Diocese de Guarulhos

    Fonte: fratresinunum.com

    Leia também…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *