Fim Fulminante – Mensagens sobre o Fim – Parte1

  • Fim Fulminante – Mensagens sobre o Fim – Parte1 Data da Postagem: 27 set 2012 | Autor: Ataíde | Comentários: 0 comentário
  • Wayback Machine

    Dividimos em duas postagens uma seleção com várias mensagens passadas aos Santos, Beatos e pessoas que morreram em odor de Santidade na Igreja Católica.

    Previous capture

    Antes de começar a ler este texto, faça uma oração ao divino Espírito Santo, pedindo a fortaleza. Depois leia com atenção e sem medo, porque o medo é apenas para aqueles que estão distantes de Deus. Lembrando sempre que o Papa é o grande sinal, de todos estes acontecimentos.

    Nos últimos artigos tentei mostrar como realmente tudo o que está previsto pode acontecer, em muito pouco tempo, sem que deixe de se cumprir uma só letra das Sagradas Escrituras. Recebi o link de um site – citado no final – onde estão editadas em espanhol muitas profecias sobre este curto e fulminante fim, quando Deus dará cabo de seus inimigos, com o sopro de sua boca. Isso está em Daniel e em II Tessalonicensses. Este sopro, sem dúvida, tem seu auge no grande Aviso, que virá no meio da furiosa, mas curta guerra, até para acabar com ela. A maioria das mensagens é de Jesus que passa aos seus confidentes e videntes, não só as palabras, mas as visões aterradoras deste fim, e eles as descrevem. No meio farei alguns comentários. Eis os textos:

    Desde os tempos mais remotos, especialmente a partir da Idade Média, por meio de almas de sua especial predileção, Nosso Senhor nos adverte, ameaça, previne, avisa sobre a decadência da fé, sobre a prevaricação de seus Ministros consagrados e sobre a entrada da abominação no Santuário. Estas profecias que seguem, sobre o fim dos tempos, são todas de santos ou de pessoas que morreram em odor de santidade. Elas se referem a uma grande punição da humanidade que antecederá o triunfo da Igreja Católica, e são inumeráveis. Todas convergem para a Mensagem de Fátima, que é sua confirmação, feita pela própria Virgem Mãe de Deus.

    Nelas é possível observar algumas características importantes:

    1 – Elas não se contradizem, mas se completam;

    2 – O Grande Castigo virá súbitamente, quando tudo parecer perdido aos homens;

    3 – Será algo terrivelmente exterminador;

    4 – Além das guerras, epidemias, convulsões naturais, etc. haverá uma intervenção direta evisível dos demônios, também dos anjos e santos; 5 – O Triunfo da causa Católica se dará por um grande golpe da Providência Divina e a revolução (a besta) será destruída instantaneamente.

    Santa Hildegarda

    O Senhor porá nas mãos dos inimigos a vara de ferro destinada a vingá-lO. Quando se houver perdido inteiramente o temor de Deus, guerras atrozes e cruéis se sucederão à porfia; uma multidão será por elas imolada e muitas cidades se converterão em montanhas de ruínas. Assim como o homem domina pela sua força a debilidade da mulher e o leão supera a todos os animais do mesmo modo alguns homens, por sua força e ferocidade sem igual, serão suscitados pela justiça divina… Para vingá-lo cruelmente de nossas iniquidades.

    Next capture

    Santa Brígida da Suécia

    Jesus lhe disse: Se a vergonha e o arrependimento coubessem a mim, com razão Eu poderia dizer agora: Eu Me arrependo de haver criado o homem! Porque parece ter gosto de se atirar na rede, e por mais avisos que lhe sejam dados, segue sempre os desejos de sua vontade, e já não é mais necessário que o diabo o tente para a violência, porque o homem atingiu a malícia do próprio diabo. São estes homens, como cães de caça que no começo são levados à trilha, onde se acostumaram a pegar e despedaçar os animais, sem dar tempo de os caçadores de acudirem à presa. Assim o homem, acostumou-se tanto a pecar, que já se antecipa ao pecado, antes mesmo que o diabo o tente.

    Eis como Nosso Senhor ameaça os pecadores de todo mundo: Ouvi, vós todos, os inimigos meus que viveis neste mundo, pois não falo isso para os meus amigos, os que fazem a minha vontade. Ouvi ó clérigos todos, arcebispos e bispos e todos vós que comandais na Minha Igreja. Ouvi ó religiosos, seja a qual ordem pertençais. Ouvi reis e príncipes e todos os juízes da terra e todos vossos vassalos. Ouvi, ó rainhas e princesas, senhoras e escravas e todos vos, seja a qual categoria pertençais grandes e pequenos que habitais a terra, ouvi agora as palavras que Vos digo, Eu mesmo que vos criei.

    Queixo-me de que vos haveis afastado de mim e acreditado no demônio, meu inimigo. Haveis quebrantado os meus mandamentos e seguido a vontade do demônio, e obedeceis às suas inspirações, sem ter em conta de que Eu, Deus imutável e Eterno Criador vosso, baixei dos céus nas entranhas de uma Virgem, tomei a carne dela e habitei entre vós. Por vós padeci e morri numa cruz! Nada disso considerais inimigos meus, porque estais alucinados, e assim levais com enganosa suavidade o jugo e a carga do demônio, mas viveis na ignorância, pois não sentis que este jugo vos levará à dor de uma carga interminável no inferno. Não vos basta nada disso, mas é tanta a vossa soberba, que se pudésseis Me destronar, o faríeis com toda gana. Já é tanta a sensualidade da vossa carne, que gostaríeis de vos livrardes de Mim, em nome do vosso deleite desordenado. Vossa cobiça também é insaciável como um saco furado, porque já nada a pode satisfazer.

    Fazei, pois, agora aquilo que quiserdes e nisso prosperai (1). Por conseguinte Eu juro pela Minha Divindade, que se morrêsseis agora no estado de alma em que estais nunca veríeis Minha Face, pois com vossa soberba vos havíeis de submergir tão profundamente no inferno, que todos os demônios ficariam sobre vós, afligindo-vos incansavelmente: por vossa luxúria seríeis plenos do veneno dos demônios, e por vossa cobiça, seríeis atormentados por dores e angustias, sendo participantes de todos os males infernais. Ó inimigos meus, abomináveis, degenerados e desgraçados, sois aos meus olhos como um verme morto no inverno. Fazei, pois prosperar agora os vossos intentos, mas Eu me levantarei na estação da seca, e então calareis e não vos livrareis das minhas mãos.

    (1)Observem como isso bate com o que coloquei nos textos, onde Deus está permitindo que o homem peque até os limites infinitos, enquanto cerceia as ações coletivas dos inimigos. Numa mensagem ao Cláudio também Jesus falou: se Deus fosse criar o mundo novamente, jamais voltaria a criar o homem.São Vicente Ferrer

    Virá um tempo como jamais visto! Chorará a Igreja! As viúvas se levantarão ferindo os seus peitos, sem encontrarem consolo. Esta hora está próxima, e ela chegará sem falta, no tempo em que dois tentarem fazer-se reis, seus dias não demorarão muito. Chorai velhos e anciãos! Suplicai e chorai quando fordes testemunhas de um estrondo tão grande, qual não houve nem haverá outro maior, senão aquele que se experimentará no dia do Juízo Final… Estes dias não tardam, já estão às vossas portas, pelos sinais os reconhecereis. Quando as mulheres se vestirem de homem, portando-se todas conforme os modos da licenciosidade e é quando, vilmente, os homens se vestirão de mulher (2).

    (2)Acaso não é hoje que isso acontece? E mais que isso, não é hoje que querem casar homens com homens e mulheres com mulheres? Não é hoje que as leis desejam proteger estes pecados? Este estrondo que quase todos os profetas falam, sem dúvida se dará com o embate do asteroide na terra e sua entrada na atmosfera terrestre. É algo espantoso, que fará a terra inteira corcovear como um cavalo doido, isso a metros de altura, como em ondas. Elas jogam casas e edifícios para o alto, que caem no chão como castelos na areia. Veremos coisas espantosas, e nenhum habitante deste planeta ficará sem ver e sentir. Se ainda estiver vivo.Soror Maria des Vallés

    O Juízo deste mundo será pelo fogo. Será um dilúvio de fogo, precursor de um dilúvio de graças do Espírito Santo conforme lhe anunciou Nosso Senhor… Porque serão três dilúvios: o primeiro foi o do Pai Eterno o dilúvio de água, com Noé. O segundo foi um dilúvio de sangue, por Jesus. O terceiro será um dilúvio de fogo, pelo divino Espírito Santo. O primeiro e o segundo já passaram, mas o terceiro virá. Ele encontrará muita coisa ainda verde para queimar.

    Venerável Bartolomeu de Holzhauser

    Durante três dias e terra estará submersa na maior obscuridade, como já aconteceu antes no Egito. Então o anjo exterminador abaterá a todos os que se levantaram com ódio satânico contra a Igreja e seus sacerdotes.

    Padre Nectou S.J.

    Se formará na França, partidos que farão guerra de morte. Um será mais numeroso do que o outro, porém o mais débil triunfará. Haverá então um momento espantoso que se acreditará ser o fim do mundo. O sangue correrá em muitas cidades grandes, oselementos serão suspensos e haverá como um pequeno juízo. Nesta catástrofe perecerá uma grande multidão, mas os maus não prevalecerão. Eles tinham a intenção de destruir inteiramente a Igreja, mas não lhes será dada tempo suficiente (3). A catástrofe virá quando a Inglaterra começar a estremecer-se. Se saberá por este sinal, como quando no verão a figueira começa a brotar…. Durante este transtorno espantoso, que será geral em todo mundo, não somente na França, então Paris será totalmente destruída, sem dar tempo de fuga… Deus a destruirá por causa de seus pecados.

    (3)Aqui o padre faz menção de algumas coisas importantes: a – haverá um aviso de Deus! b – Eles não terão tempo de executar seus projetos; c – A Inglaterra pela primeira vez caiu em recessão e começa a tremer, é, pois, hoje o tempo. Chegou a hora de a terra da Rainha pagar sua conta de furtos, desmandos, crimes, abominações, doutrinas falsas, perseguição aos católicos, pirataria e opressões contra os pobres e as suas “colônias”.

    loading

    Bernardo Rembort

    As pessoas se riem de mim, dizendo que sou um pobre jogral. Porém virá o tempo em que as minhas palavras se cumprirão. Os homens se tornarão engenhosos, e farão coisas maravilhosas que os levarão a esquecer-se de Deus…. Seu orgulho os levará a rir-se dos sinais do Céu e não os terão em consideração. Um homem (anticristo) surgirá e despertará o mundo adormecido, golpeando o mundo com voz forte e aos orgulhosos, ele destruirá os sábios. Isso porque o orgulho e a voluptuosidade serão tão grandes que Deus se obrigará a castigar o mundo. Choverá veneno sobre as colheitas, o que trará muita fome aos países, ao ponto de milhares de pessoas atravessarem os oceanos e busca de países mais promissores (4). Os homens imitarão os pássaros, quererão voar como eles, porém Deus os confundirá como em Babilônia. Vejo também a morte dos profanadores sacrílegos e a ruína dos reis. Terão um castigo muito severo haverem se atrevido a atacar Deus e acreditado que com sua pobre inteligência poderiam romper com os desígnios de Deus Todo Poderoso. Porque levarão o nome de Deus nos lábios, mas esconderão o diabo em seus corações.

    (4)Isso está acontecendo hoje, com milhares de pessoas fugindo de seus países em busca de melhores meios de vida, especialmente fugindo da Europa. São as ondas citadas por Jesus, que aterrorizarão os homens.Venerável Isabel Canori Mora

    De repente eu vi o mundo em completa revolução, a ordem e a justiça não reinavam mais. Os sete pecados capitais pareciam ter chegado ao triunfo. Por todos os lados imperava a injustiça, a mentira, a libertinagem e toda sorte de iniquidades. Nos dia da festa de São Pedro, em 1820, tive a seguinte visão: Todos os fiéis que haviam guardado em seu coração a fé em Jesus Cristo, assim como os religiosos e religiosas que conservavam fielmente o espírito de seu Instituto, se viam amparados debaixo de grandes árvores, amparados e livres de um horrível castigo. Porém, ai dos religiosos que não observam as regras. Ai, ai de todos os sacerdotes indignos do Deus Todo Poderoso! Ai dos sacerdotes que se entregam à libertinagem! Ai dos sacerdotes que se deixam levar ao máximo pela moderna filosofia, condenada pela Igreja. Estes miseráveis, por sua detestável conduta de negarem a fé em Jesus Cristo perecerão sob o braço exterminador da Justiça Divina, da qual nenhum escapará.

    Repentinamente se levantou um vento impetuoso e violento, cujo silvo se pareciam com o rugido de um leão. O terror e o espanto se espalharam entre os homens, e até mesmo entre os animais. Todos os homens se rebelaram, se mataram e se despedaçaram sem piedade. Durante este sangrento combate, a mão vingadora de Deus cairá sobre aqueles desgraçados (5), e em sua Onipotência castigará o orgulho e a temeridade dos mesmos. Ele se servirá do poder das trevas para exterminar estes homens sectários, que quiseram deitar a Igreja por terra e abalá-la até os fundamentos. Estes homens, em sua audaz malícia, pretendiam derrubar a Deus de seu trono Supremo, porém Ele se rirá deles, e a um sinal de sua mão poderosa castigará a estes pérfidos e blasfemos, permitindo que as potestades tenebrosas saiam do inferno, para executar a justiça.

    Então legiões de demônios percorrerão o mundo inteiro. E pelas grandes ruínas que causarão, executarão as ordens da Divina Justiça. Todos atacarão e destruirão as famílias, as propriedades, as cidades, os povos, as casas, e nada será perdoado do que existe na terra, permitindo Deus que estes difamadores e mentirosos sejam castigados por terem acreditado nestes demônios, dando-lhes morte rápida e bárbara, porque voluntariamente se submeteram ao poder do inferno fazendo-se aliados contra a Justiça divina. A fim de que meu pobre espírito se compenetrasse bem deste sentimento de Justiça, Deus me mostrou uma prisão. Vi então abrir-se uma espantosa caverna de fogo, de onde saía uma multidão de demônios, que havendo tomado a forma de bestas, vinham a infestar o mundo, deixando por todos os lados apenas carniça e ruínas.

    Felizes dos bons e verdadeiros católicos! Eles terão a seu favor a proteção dos Apóstolos Pedro e Paulo, que velarão sobre suas pessoas a fim de não lhes aconteça nenhum dano, nem aos seus bens nem a eles mesmos. Os maus espíritos devastarão todos os lugares onde Deus tenha sido ultrajado, blasfemado e tratado de maneira sacrílega. Estes lugares serão arruinados, aniquilados e deles não sobrará nem ruínas nem vestígios (6).

    (5)Sinal de que o grande aviso, como nós sempre temos dito, virá exatamente no meio da grande guerra, quando tudo parecer perdido ao homem. O inferno em peso invadirá a terra, para este último combate. Especialmente os que não acreditam na presença dos demônios, estes os verão tal como são, e alguns morrerão de pavor. Muitas mensagens avisam que eles serão visíveis, especialmente aos maus.

    (6)Todos os prédios, casas, obras e mesmo Igrejas, que contenham os símbolos de satanás, serão destruídos até a raiz, sem deixar um só vestígio, mesmo que sejam belas catedrais.

    Trapista de Notre Dame des Gardes

    Os maus queiram exterminar os ministros da Igreja de Jesus Cristo e a todos os amigos da legitimidade. Já haviam feito perecer um grande número e anunciavam vitória, quando de repente os bons foram reanimados por um socorro do alto e os maus foram derrotados e confundidos. O tempo destes transtornos não será superior a três meses (7), e no meio deste grande crise o triunfo dos bons virá num momento. Nada poderá deter o braço vingador.

    Quando os maus tiverem editado e distribuído uma enorme quantidade de livros perversos, estes fatos estarão bem próximos (8). E tão logo eles aconteçam tudo entrará em ordem, e todas as injustiças, quaisquer que elas sejam, serão reparadas, o que será fácil porque a maior parte dos perversos terá perecido no combate e os que sobreviverem estarão tão assustados pelo castigo, que nada poderá impedir-lhes de reconhecer nisso o Dedo de Deus e admirar sua Onipotência. Muitos se converterão. Em seguida a religião florescerá de modo admirável. Eu tenho visto coisas tão belas a este respeito que não encontro expressões para descrevê-las.

    Em 6 de janeiro de 1820, às quatro da manhã, perdi todas as minhas faculdades … E me encontrei transportada para um local tão vasto que me parecia abarcar todo o Universo… Ouvi então numerosas vozes que gritavam em um tom horrível e naquele momento me senti morta. Porém meu medo foi ainda maior quando ouvi as mesmas vozes que diziam: somos vencedores, temos a vitória! Naquele momento em que as vozes deixavam ouvir aquelas palavras, vi de repente que o céu se convertia em profunda noite; jamais vi nada tão escuro. Aquela escuridão era acompanhada de um trovão tão intenso que me parecia vir dos quatro cantos do Universo. Me é impossível descrever qual foi o meu espanto. O céu se converteu inteiramente em fogo e de todos os lados saiam flechas inflamadas. Ouvia-se um ruído tão horrendo que parecia anunciar a ruína completa do mundo.

    Divisei então uma nuvem vermelha como sangue de boi, que rodava por todos os lados, e fiquei muito aflita por não saber o seu significado. Logo pude ver uma multidão de homens e mulheres que tinham rostos assustadores e se entregavam a toda sorte de crimes. Vomitavam horríveis blasfêmias contra o que existe de mais sagrado, no Céu e na terra. Sinto grande pena agora ao descrever isso, como a experimentei antes.

    O que me surpreendeu muito foi ver na cabeça destes desgraçados, pois induziam ao mal exatamente aqueles que por seu estado – bispos e sacerdotes, com solidéus na cabeça – os deveriam conduzir para o bem. Havia entre eles um, de quem não darei o nome, o qual sofrerá a mesma pena dos outros, por causa de sua reprovável filosofia. O tempo o dirá! É quando seus crimes serão conhecidos e castigados. O trovão retumbará então pelos ares de maneira espantosa, e foi quando ouvi uma voz que me disse: Minha cólera cairá sobre todos eles num estalar de dedos e eles desaparecerão em um momento. Todo o Universo quedará admirado ao saber da destruição da mais soberba das cidades. Digo soberba por seus crimes. Eu a abomino.

    As árvores que tu vez e que eles tem engendrado, representam as nações que a tem envenenado com sua malvada filosofia e que a impiedade espalha por todo mundo. Esta maldita Babilônia se tem embriagado com o sangue dos meus santos… Ela colmará estes terríveis sucessos, mas eu a farei beber o vinho da minha cólera e todos os males que ela intentou, cairão sobre ela em um só instante. Nada mais ouvi desta voz, apenas um espantoso ruído. A grossa nuvem se dividiu em quatro partes que caíram de uma só vez sobre a grande cidade (o mundo) que num instante ardeu em chamas (9). Estas chamas que a devoravam se elevaram nos ares, e logo a seguir nada mais vi do que uma vasta terra negra como carvão.

    (7)Aqui a menção clara de que o auge da Justiça divina se dará em apenas três meses. Acaso não estamos próximos disso? Falta pouco mais de três meses! Será agora? Deus sabe!

    (8)Não é hoje que a terra abunda destas imundícias? Não somente livros, mas revistas e todos os meios de comunicação, cada vez mais expondo a carniça humana e o pecado? Até quando eles pensam avançar?

    (9)Há muitas menções nestas mensagens, sobre cair fogo dos céus, diretamente, não somente fogo das armas humanas nesta guerra insana que está prestes a estourar. Sodoma que aguarde! Os ruídos aterradores que acontecem hoje, vindos do interior do planeta, apenas ensaiam o rugido final.

    Print Friendly

    São Gaspar del Búfalo

    Haverá toda sorte de desgraças na cidade de Roma (Vaticano) especialmente massacre de sacerdotes, num massacre que não terminará senão depois que quatro dias de carnificina (10), em particular ao lado da porta de São João. (Este santo prognostica que o extermínio dos perseguidores da Igreja, impenitentes, se dará ao cabo de três jornadas, parece indicar três meses.

    (10) Esta carnificina no Vaticano se dará quando as tropas malditas entrarem ali querendo matar o Papa, mas não o encontrarão. Muitos dos cardeais que ajudaram nesta trama serão mortos sem piedade. Mais uma vez tudo parece indicar ação de poucos meses. O Papa será protegido, numa primeira investida do inimigo e estará fugindo por diversos lugares do mundo. A sede estará vacante e será ocupada por um mau cardeal, que será apenas nomeado não eleito. Ele liberará geral para os modernistas. Mas antes que suas permissividades atinjam todas as paróquias do mundo, a Mão de Deus os destruirá completamente.Beata Ana Maria Taigi

    O joio será arrancado e a mão de Deus voltará a impor a ordem ali donde já era impotente o esforço humano. Os castigos da terra serão mitigados, porém os do Céu serão universais e espantosos. Milhões de homens morrerão pelo ferro, seja pela guerra, seja por lutas entre civis, e outros milhões morrerão de morte imprevista. Depois, nações inteiras voltarão à unidade da Igreja e muitos turcos, pagãos e judeus serão convertidos e seu fervor encherá de confusão aos antigos cristãos (11). Em uma palavra, me dizia o Senhor, que Ele quer limpar o mundo e sua Igreja, para a qual preparava um renascimento milagroso, o triunfo de sua misericórdia.

    Esta visão aconteceu muitas vezes: Vi a terra rodeada de chamas, coberta de trevas, ruindo numerosos edifícios, e tanto a terra como o céu pareciam agonizar. Esta prova será seguida por um renascimento Universal. Isso tudo acontecerá quando parecer que será impossível para a Igreja fazer frente a tantas perseguições. Não obstante o Sol se abrir para ver correr rios de sangue, a Virgem intercederá para deter os castigos preparados. Será uma grande crise, mediante a qual Deus irá purificar a Igreja. Mas vejo desencadear-se um espantoso ciclone, o céu arde, a terra se entenebrece, surgem as pestes, revoluções, revoltas, matanças, batalhas e negros aeróstatos percorrendo os céus cobrindo a terra de fogo e trevas.

    Os cadáveres de mortos nos arredores de Roma serão tão numerosos como os peixes mortos nesta cidade depois de um transbordamento do Tibre. Trevas pestilentas, povoadas de visões horrorosas envolverão a terra por três dias. O flagelo da terra poderá ser mitigado pelas orações, porém não o do Céu que será espantoso e Universal. Todos os inimigos da Igreja, ocultos e aparentes, perecerão nas trevas, com exceção de alguns, que Deus converterá depois. O ar estará empestado de demônios, que aparecerão das formas mais horríveis… Depois das trevas São Pedro e São Paulo descerão dos céus e pregarão em todo o universo, designando um Papa. Uma grande luz saltará de sua pessoa e irá pousar sobre o Cardeal futuro Papa.

    São Miguel Arcanjo aparecerá então, de forma humana, e manterá o demônio encadeado durante a época da aparição do anticristo. Neste tempo a religião já tenderá para um rebanho um só pastor. Os russos se converterão e a China também, e todo este povo estará em júbilo contemplando o triunfo da Igreja. Entretanto haverá uma perseguição terrível nesta desgraçada época, mas também será desmascarada uma multidão de pessoas que se acreditava justa. A Itália atravessará dolorosas provas.

    Deus enviará um duplo castigo, uma parte para a terra, a saber, a guerra, revoluções e outros males e outro ao céu, a saber a escuridão espessas que impedirá de se ver o que quer que seja. Esta escuridão será acompanhada de um a infestação dos ares, que fará morrer, senão exclusivamente, pelo menos e principalmente aos inimigos da religião. Enquanto durar este eclipse será impossível haver luz. Somente as velas abençoadas se deixarão acender e poderão difundir claridade. Quem abrir as janelas para olhar para fora, ou queira sair de casa, será morto no ato. Durante todos estes dias as pessoas devem ficar em casa, recitando o rosário.

    (11) Aqui mais uma vez a comprovação do que temos afirmado, de que haverá, mesmo depois das trevas e do Juízo Final, um tempo da grande evangelização, onde as pessoas que sobreviverem deverão ser ensinadas sobre as novas leis mundiais que regerão os povos, até que comece o reino glorioso de Jesus. Este tempo pode levar até uns dois anos, até que tudo esteja preparado para Jesus reinar, e então se cumprirá o que está em Daniel. Feliz de quem espera e alcança os 1335 dias. Tudo parece confluir para isso.

    Continua…
    Fonte: www.recadosaarao.com.br

    Leia também…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *