EXEMPLO DE POVO

  • EXEMPLO DE POVO Data da Postagem: 5 jan 2014 | Autor: Mateus | Comentários: 0 comentário
  • Wayback Machine

    Paulo Roberto CamposPrevious capture

    A histórica vitória no referendo croata foi um exemplo para todas nações. O resultado das urnas, que garante proteção constitucional à instituição da família tradicional, não agradou o Parlamento Europeu.

    Next capture

    Podemos cantar o Magnificat pela católica Croácia! Este pequeno país balcânico pronunciou um rotundo NÃO ao “matrimônio” entre duplas do mesmo sexo. Seu brado em prol da família natural e tradicional — pai, mãe e filhos — ecoou pelos quatro cantos do mundo. Com o resultado do referendo, transcorrido no dia 1º de dezembro, fica estabelecido na Constituição do país que a família somente pode ser constituída entre um homem e uma mulher. Nada mais natural!

    O presidente croata, Ivo Josipovic, e seu primeiro-ministro Zoran Milanovic, ambos socialistas, pretendiam aprovar o “casamento” homossexual. Em tal intento, foram apoiados pelos partidos de esquerda, pelo lobby homossexual e pela mídia esquerdista, especialmente pela TV estatal — sem falar da forte pressão exercida no mesmo sentido pelo Parlamento Europeu.

    Do lado oposto, católicos defensores dos valores da família, mediante mobilização inédita, aglutinaram quase seis mil voluntários numa coligação denominada “U Ime Obitelji” (Em nome da Família), a fim de coletar assinaturas e obrigar o governo a realizar um referendo consultando a população croata: “Você é a favor à introdução na Constituição da definição de matrimônio como a união entre homem e mulher?”

    loading

    Para a realização do referendo havia necessidade, segundo as leis vigentes, de 450 mil assinaturas (10% do eleitorado croata). Obteve-se um resultado bem superior às expectativas: 750 mil firmas! O que representa muito para um pequeno país de 4,3 milhões de habitantes (88% dos quais são católicos). Assim, o Parlamento teve que aprovar a convocação do referendo.

    No histórico dia 1º-12-13 a população foi às urnas. Resultado: a grande maioria dos croatas (65,8%) votou contra o “casamento” homossexual e manifestou-se favorável à definição de família como constituída exclusivamente entre homem e mulher. Venceu o bom senso, preponderou a Lei de Deus e a Le natural!

    Democracia sem consulta popular?

    Print Friendly

    A Croácia tornou-se o 28º membro da União Europeia (UE) em 1º de julho de 2013 e, graças a Deus, já cravou uma certeira flecha naRevolução Cultural promovida pela UE — que pressiona as nações para a legalização do “matrimônio” homossexual e da adoção de crianças por pessoas do mesmo sexo. Tanto a UE quanto certa mídia, que fez intensa campanha contra a realização do referendo, ainda não conseguiram “engolir” o resultado que concede proteção constitucional à família.

    Os leitores bem podem imaginar o que aconteceria se vencessem os partidários do pseudo-casamento entre pares do mesmo sexo… Esses mesmos meios de comunicação, que adotam estranho conceito de democracia, estariam até hoje publicando grandes manchetes como“Vitória da democracia na Croácia!”. Para eles, democracia existe quando o povo escolhe pontos da agenda homossexual; quando o mesmo povo rejeita tal agenda, a mídia abafa o resultado e o critica como “homofóbico”…

    “Rezar para sempre no Céu por todos vós”

    Voluntarios-da-coligacao-na-Croacia-1024x201

    Poder-se-ia perguntar se o grande prelado croata, o bem-aventurado Cardeal Aloysius Stepinac (1898-1960), mártir do regime comunista iugoslavo, não foi o intercessor junto a Deus para que se alcançasse tão esmagadora vitória da família tradicional. Com efeito, em seu Testamento Espiritual,o heroico cardeal deixou registrado: “Espero que o misericordioso Jesus me dará a graça de poder rezar para sempre no Céu por todos vós, enquanto existir o mundo e durar a nossa diocese, para que se cumpra a meta pela qual Deus vos criou.”

    Croacia-28-pais-na-UE-150x150

    No passado, a Croácia foi conhecida como Escudo da Cristandade,devido à sua glória de defender a Europa contra invasões maometanas. No presente, poderíamos considerá-la como Escudo da Família. Que seu exemplo possa ser seguido no Brasil e no mundo!

    Atualmente, o “casamento” homossexual, ou pelo menos a “união civil”, tem sido aprovado por decisão judicial nos tribunais de várias nações, pois os promotores do movimento homossexual sabem que, se forem realizados referendos, serão rejeitados, ficando evidenciada uma verdade que eles não querem encarar: o povo, de modo geral, é contrário a tal legalização! Por isso, a UE é contrária à consulta popular… Isto é democracia?!

    A pequena, mas gloriosa e católica Croácia já começa a receber pressões internacionais para deslegitimar o resultado das urnas e reverter a situação atual pró-família. Será uma dura luta entre David e Golias, mas, no final, Deus nos dará a vitória.

    Fonte: IPCO

    COMENTÁRIO ARNALDO HAAS

    Coisas assim é que me emocionam, ver a valentia, a verdadeira ousadia de um pequeno povo ao se levantar contra o status vigente, contra a pressão dos inimigos de Deus, contra as fúrias do inferno, e eles que se danem. Raios de “parlamento europeu” este ao qual não agrada a decisão soberana de um povo, ainda que pequeno. Raios de governantes que insistem em implantar no mundo a agenda pestífera e putrefata de satanás e de seus malditos arquitetos humanos.

    Por outro lado me envergonha grande parte do povo brasileiro, um povo que constitui a maior nação católica do planeta, e que entretanto foi somente devido ao valoroso embate de alguns poucos defensores da vida, especialmente dentre os evangélicos, que se evitou uma lei que seria mortífera para nossa nação. De fato, não merecemos o nome de nação, nem de povo de Deus, se não nos levantamos uníssonos contra os legisladores, regidos pelos infernos, que atentam contra a vida humana. Isso ainda virá se não estivermos atentos!

    Falam certas pesquisas que a imensa maioria do nosso povo é contra o aborto e contra a agenda gay, entretanto isso é só da boca para fora, porque é mínima a parcela deste mesmo povo que se levanta ousado contra os governos, financiados pelo abismo, que embora estupidamente eleitos pelo mesmo povo estúpido, não é capaz de levantar-se em onda contra aquilo que põe em risco a família cristã, e por conseguinte a própria vida do homem na terra. É a vida de cada um que está em jogo, e quem não a defende não pode se considerar filho de Deus. Porque, quem não faz nada contra o mal é a favor dele. A coluna do meio é do diabo.

    De fato, a se dar cordas infinitas para estes legisladores do inimigo, que insistem alucinados nas leis antivida, nós teremos em poucos anos reduzida a população humana a um nível de falência, que levará ao nosso desaparecimento da face da terra. Governos diabólicos estes, que valorizam mais a vida dos vira-latas e dos bichanos, das formigas de pau e do mico-leão do que um filho de Deus. Contra tal estupidez, se nosso povo permanecer insensível, surdo e mudo, certamente que o castigo virá.

    Numa das últimas mensagens proféticas que traduzi dias atrás, constava o pedido do Céu por orações pelo Brasil, porque sofrerá com um tsunami. E nós merecemos ele. Aliás, as mensagens antigas ao nosso Movimento alertam para isso. Houve uma vez a ameaça de um tsunami e foi adiado, mas não cancelado em definitivo. Nossa Mãezinha disse que se Deus tivesse permitido, morreriam aqui mais de 70 mil pessoas. Ou seja, pode acontecer a qualquer momento. Repito: nós merecemos, por nossa absurda covardia. Os católicos do Brasil têm siam poder de fazer cessar todas estas leis. Por isso eu clamo…

    Povo brasileiro, acorde e atente para o exemplo do povo croata. Nós temos o Rosário, como a mais poderosa da armas. Não precisamos mais do que isto para derrotar todos os nossos inimigos, sem dar um tiro sequer, uma estocada de cutelo, uma pedrada que seja. Precisamos apenas de joelho no chão, e de nossas famílias unidas como um rosário. Basta isso e nosso governo abortista e ecologista afundará no abismo. As orações de todos nós têm poder de fazer isso, porque Deus mesmo abrirá o solo para os engolir.

    Aliás, quando estivemos em Brasilia rezando, nos foi dito que aquele congresso, e tudo o que estiver ao redor dele, afundará no abismo, pelos infinitos crimes, logros e corrupções que ali acontecem. Porque lá naquelas duas casas e todos os órgãos de apoio, nos últimos anos parece que não existe coisa mais importante do que tratar de leis que destruam a família católica. Alguns dos filhos da serpente que trabalham ali, parecem dispostos a esganar todas as crianças ainda nos ventres das mães, antes mesmo que nasçam. Eles merecem e terão o abismo, porque querem legalizar casamentos do mesmo sexo e dar proteção a eles mais do que aos bebês inocentes.

    Enfim, parabéns povo croata, vocês merecem ser chamados filhos de Deus. Meus pêsames povo brasileiro, povo de cães mudos e de guias cegos, povo de católicos frios e mornos de cuspir fora da boca, povo de soltadores de fogos e de samba, de cuíca e reco-reco vocês terão o comunismo que merecem!…

    Até que o tsunami os acorde! Se ainda estiverem vivos!

    Fonte: recadosaarao.com.br

    Leia também…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *