Dom Guido Marini explica especial cuidado do Papa Bento com a Missa

  • Dom Guido Marini explica especial cuidado do Papa Bento com a Missa Data da Postagem: 10 nov 2011 | Autor: Mateus | Comentários: 0 comentário
  • Print Friendly

    09.11.2011 – O Mestre de Celebrações Litúrgicas do Papa Bento XVI, Dom Guido Marini, assinalou alguns dos principais detalhes que o Santo Padre precisa cuidar para celebrar a Santa Missa.

    Em uma entrevista concedida ao grupo ACI, Dom Marini indicou que para o Papa é muito importante dirigir o olhar ao crucifixo no momento da celebração Eucarística.

    Nas celebrações presididas pelo Santo Padre, “um dos aspectos significativos é o da centralidade do crucifixo sobre o altar”, afirmou. Porque –acima de tudo-, no momento da oração eucarística, é fundamental que todos dirijam o olhar e o coração “para quem está no centro, o Senhor, para renovar seu sacrifício de amor pela salvação de todos”.

    Dom Marini explicou que o Papa é muito cuidadoso em “desenvolver a liturgia como a celebração do mistério de Cristo onde o Senhor é o verdadeiro grande protagonista litúrgico, e onde a participação é autêntica na medida em que se entra no Evangelho de Cristo, no Evangelho do Senhor”.

    Outro aspecto importante para o Santo Padre é a adoração. Ele indicou que “o Papa repete freqüentemente que a liturgia é o ato maior de adoração da Igreja, e deve conduzir na adoração”.

    Dom Marini disse ao grupo ACI que participar de uma Missa celebrada pelo Santo Padre é também uma oportunidade para fortalecer a fé. “Nesses momentos penso, ‘estou ao lado do Vigário de Cristo’, e renovo minha fé”, expressou.

    O Prelado recalcou que a liturgia se compõe de “muitas pequenas coisas”, como ajoelhar-se enquanto se recebe a Comunhão, ou guardar silêncio nos momentos previstos durante o ato litúrgico.

    n/d

    Para o Prelado é necessário ter sempre presente os pequenos detalhes que fazem da Missa uma verdadeira conversação com o Senhor. Durante a Missa, “eu penso na atenção a tudo o que entra na composição do rito para que ajude de verdade a quem participa em viver a figura de Deus e aqueles que permanecem em atitude de adoração”.

    “Do lado litúrgico é necessário considerar (estes detalhes) para que permaneça bem afirmada esta centralidade da presença do Senhor, de seu ser protagonista, e do sentido também autêntico da participação no mistério de Cristo”, concluiu.

    Fonte: ACI

    —————————————————————————————————-

    Nota de www.rainhamaria.com.br

    Proibido Ajoelhar-se?

    “… para que ao Nome de JESUS se DOBRE TODO JOELHO no Céu, na terra e nos infernos.” (Fl. 2,10)

    Será que você, estimado(a) irmão(ã), está ciente de em que nosso País, a grande maioria dos arcebispos, bispos e sacerdotes proíbem, chegando até mesmo ao absurdo de negar a comunhão, quando o fiel ajoelha-se para receber JESUS Eucarístico?

    Imagine-se agora chegando na Igreja, e ao ultrapassar a porta, repentinamente Nosso Senhor JESUS CRISTO torna-se visível a sua frente, em toda Sua Glória e Majestade! Qual atitude você tomaria? Penso que a mesma que eu faria, ou seja, se jogaria aos pés de Nosso Salvador e Redentor… Ou estou enganado?

    Agora reflita comigo: O que poderá levar um eclesiástico a impedir que um comungante ajoelhe-se perante seu DEUS? Temos pouquíssimas hipóteses, e como não poderia ser diferente, todas elas gravíssimas, para essa circunstância…

    Pois então vejamos:

    Em virtude da Sagrada Eucaristia ser JESUS Vivo, Corpo, Sangue, Alma e Divindade, portanto apenas não O enxergamos, como na hipótese levantada anteriormente ao ingressar na Igreja, porém ELE está ali, completamente, integralmente… Como então negar para a Sua Augusta Presença todo nosso amor, respeito e gratidão por Seu amor e Misericórdia de vir até nós, pobres e miseráveis pecadores, fazendo-se Alimento para socorrer-nos em nossas fragilidades e pequenez de simples criaturas? Ajoelhar-nos é o mínimo! Na realidade devíamos sim, prostrar-nos todos em Adoração a Sua Divina Presença!
    E quando os eclesiásticos, aqueles que tem o dever maior de zelar para que haja respeito, devoção e piedade perante JESUS Eucarístico, agem de maneira inversa, impedindo que se dê o máximo de reconhecimento em atos de fé, o que nos resta concluir, além da certeza de que DEUS está sendo ofendido pelo desprezo e a impiedade de seus prediletos, e os fiéis escandalizados:
    É simples, esses ao assim se posicionarem demonstram claramente que NÃO ACREDITAM MAIS NA PRESENÇA REAL DE NOSSO SENHOR NA HÓSTIA CONSAGRADA; se é que um dia acreditaram…

    Você sabe como se chama o católico, eclesiástico ou leigo, que passa a contestar e desmentir com palavras ou atitudes versículos da Bíblia Sagrada, e a desobedecer a Doutrina, os Dogmas, os doutores da Igreja, os santos e o Papa?
    HEREGE! Sim, é isso que eles são! HEREGES!!! E como tal deveriam ser excomungados, pois essa é a penalidade para os heréticos!

    “Cumpre, somente, que vos mostreis em vosso proceder dignos do Evangelho de CRISTO. Quer eu vá ter convosco, quer permaneça ausente, desejo ouvir que estais firmes em um só Espírito, lutando unanimemente pela fé do Evangelho, sem vos deixardes intimidar em nada pelos vossos adversários. Isto para eles é motivo de perdição; para vós outros, de salvação. E é a vontade de DEUS, porque a vós é dado não somente crer em CRISTO, mas ainda por ELE sofrer. Sustentais o mesmo combate que me tendes visto travar e no qual sabeis que eu continuo agora.”(Fl. 1,27-30)

    “Volvei-vos para Mim, e sereis salvos, todos os confins da terra, porque Eu Sou DEUS e Sou o único, juro-o para Mim mesmo! A verdade sai de Minha boca, Minha palavra jamais será revogada:
    TODO JOELHO DEVE DOBRAR-SE DIANTE DE MIM…”(Is. 45,22-23)

    “Entrando na casa acharam o Menino com Maria, Sua Mãe. PROSTRANDO-SE DIANTE DELE, O adoraram.“(Mt. 2,11)

    “Aproximou-se Dele um leproso, SUPLICANDO-LHE DE JOELHOS: “Se queres, podes limpar-me.” JESUS compadeceu-se dele, estendeu a mão, tocou-o e lhe disse: “Eu quero, sê curado.”(Mc. 1,40)

    “Então aqueles que estavam na barca PROSTRARAM-SE DIANTE DELE e disseram: “Tu és verdadeiramente o Filho de DEUS.”(Mt. 14,33)

    “Mas aquela mulher veio PROSTRAR-SE DIANTE DELE, dizendo: “Senhor, ajuda-me!”(Mt. 15,25)

    “E quando eles se reuniram ao povo, um homem aproximou-se deles e PROSTROU-SE DIANTE DE JESUS...”(Mt. 17,14)

    “Vendo isso, Simão Pedro CAIU AOS PÉS DE JESUS e exclamou: “Retira-te de mim, Senhor, porque sou um homem pecador.”(Lc. 5,8)

    “Adiantou-se um pouco e PROSTRANDO-SE com a Face por terra, assim rezou: “Meu PAI, se é possível, afasta de Mim este cálice! Todavia não se faça o que EU quero, mas sim o que TU queres.””(Mt. 26,39)

    “Posto de JOELHOS, exclamou em alta voz: “Senhor, não lhes leves em conta este pecado”… A estas palavras, expirou.”(At.7,60)

    “Por esta causa DOBRO OS JOELHOS em presença do PAI, ao qual deve a sua existência toda família no Céu e na terra…”(Ef. 3,14-15)

    “… Os Anciãos PROSTRAVAM-SE e adoravam.”(Ap.5,14)

    “…PROSTRAVAM-SE de face em terra diante do trono e adoravam a DEUS, dizendo:”(Ap.7,11)

    “Então os vinte e quatro Anciãos e os quatro Animais PROSTRARAM-SE e adoravam a DEUS que se assenta no trono, dizendo: “Amém! Aleluia!”(Ap. 19,4)

    “Mas ele me disse: “Não faças isto! Sou um servo como tu e teus irmãos, os profetas, e aqueles que guardam as palavras deste livro. PROSTRA-TE DIANTE DE DEUS“.(Ap. 22,9)

    No documento S.C.S.D.W. INAESTIMABILE DONUM, de 1980, aprovado pelo Papa João Paulo II, lemos:
    “Para que o coração possa se curvar diante de DEUS, em reverência profunda, aGENUFLEXÃO deve ser cuidadosa.”

    “A pessoa pode esperar de pé por símbolos e promessas, mas a realidade que é DEUS presente na EUCARISTIA, a pessoa DEVE RECEBER COM CARINHO E DE JOELHOS!“(Papa São Pio X)

    “A genuflexão humilha somente quem não crê e sobretudo quem não ama, porque exatamente o amor se alegra de não poder igualar, nem compreender toda a grandeza e os merecimentos da pessoa amada.”(Enrico Zoffoli)

    Estimados irmãos, ao concluir este texto, gostaríamos de reafirmar:

    “Os que hoje alegam hipocritamente dificuldades “operacionais” para que todos voltem a comungar de joelhos, são os mesmos que rapidamente trataram de suprimir as mesas de comunhão; e como bem sabemos, um erro nunca justificou outro. E mais, nada na face desta terra é motivo suficiente, para reduzir-se atos de Adoração, amor e gratidão ao Nosso amado Senhor que tanto sofreu, e ainda sofre por nós… Por nossa falta de amor…”
    “Se você vai passar, a partir de agora, a ajoelhar-se para receber JESUS, essa decisão é de sua inteira responsabilidade, mas não se deixe constranger pelo padre ou bispo apóstata, porque…”

    “Pedro e os apóstolos replicaram: Importa obedecer antes a DEUS, do que aos homens.”(At. 5,29)
    “Também não fique preocupado se em sua paróquia a grande maioria comunga em pé; porque se eles tem vergonha dos homens, lembre-se:

    “Portanto, quem der testemunho de Mim diante dos homens, também EU darei testemunho dele diante de Meu PAI que está nos Céus. Aquele, porém, que Me negar diante dos homens, também EU o negarei diante de Meu PAI que está nos Céus.”(Mt. 10,32-33)

    “Porque está escrito: “Por Minha Vida, diz o Senhor, diante de Mim SE DOBRARÁ TODO JOELHO, e toda língua dará glória a DEUS” (Is. 45,23). Assim, pois, cada um de nós dará conta de si mesmo a DEUS.”(Rm. 14, 11-12)

    Colaboração de João Batista Klein, Porto Alegre-RS, em 09.06.2004 – www.rainhamaria.com.br

    Leia também…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *